Estamos prontos para atendê-los.
Chame-nos: ico whatsapp

Fim da linha para o Google+ será em agosto de 2019São Paulo – O Google vai descontinuar a sua rede social Google+ nos próximos dez meses. Ela foi lançada há 7 anos, em 2011.O anúncio acontece depois que a empresa encontrou uma falha de segurança que expunha dados de usuários e foi consertada em março de 2018. Ela pode ter afetado 500 mil contas.Para justificar o fim do Google+, a empresa revelou que o tempo médio navegação por sessão na rede social é de 5 segundos em 90% dos casos e alega que há baixo índice de uso e engajamento.Apesar de fechar o Google+ para usuários domésticos, a empresa manterá uma rede social voltada para o ambiente de trabalho, e que terá foco em segurança de informações.Fonte: Exame
O Facebook há algum tempo procura inovar suas ferramentas. Mas agora isso aparentemente não acontece apenas dentro da rede social, visto que na última quinta-feira (08) colocou no mercado dois novos dispositivos de bate-papo em vídeo.A novidade consiste em um aparelho quase exclusivo para chamadas de vídeo, mas os usuários podem mostrar fotos, escutar músicas e assistir conteúdos. Os recursos ainda são escassos, nem mesmo é possível acessar a rede social.A companhia deu foco para truques inteligentes de câmera para facilitar os chats. Ambos os produtos possuem uma única câmera na parte superior que é capaz de dar zooms e seguir quem estiver na frente dela.
Você provavelmente já passou pela sofrida experiência de procurar por muitas e muitas horas aquela imagem perfeita (e gratuita) para seu projeto.Às vezes conseguimos encontrar alguma fotografia em algum banco de imagens grátis que se encaixa na proposta, mas convenhamos que nem sempre é uma tarefa fácil.Hoje, quero compartilhar um “truque” que poucos conhecem, mas que possibilita baixar imagens profissionais, de bancos de imagens pagos, de forma totalmente legal.Nesse exemplo utilizamos o banco iStock, da Getty Images.Confira o passo-a-passo:1 – Faça o cadastro gratuito na iStockO cadastro é simples e não levará mais que 1 minuto. Você só precisará inserir seu e-mail e criar uma senha de acesso.2 – Encontre a seção com os arquivos gratuitosApós o cadastro, basta ir até a seção de freebies, no final da página inicial, antes do rodapé, para encontrar os arquivos disponibilizados gratuitamente.Clique naquele que deseja fazer o download.Depois, é só escolher o tamanho…
De acordo com o portal Statista, especializado em estatísticas do e-commerce mundial, cerca de 1,66 bilhões de pessoas realizaram compras online no ano de 2017. No mercado asiático, 46% de todas as vendas foi em um aparelho móvel. O crescimento da adoção dos dispositivos “mobile” e do uso da realidade aumentada são apenas algumas das muitas transformações em tecnologias que testemunhamos e irão acelerar em 2019.Para permanecer competitivo neste mercado em constante evolução é importante acompanhar as tecnologias emergentes em várias partes do mundo e que serão adotadas rapidamente também em terras brasileiras.Atualmente, realizar uma compra no mundo físico ou digital é uma experiência completamente diferente. No entanto, em um futuro próximo a tecnologia permitirá que elas se tornem muito próximas uma da outra.Hoje, quando entramos em uma loja física, temos a presença de um vendedor que nos ajuda a localizar o produto do nosso interesse. O que vai acontecer…
Kuki Bailly, fundadora da Rededots, deu dicas para um empreendedor se destacar na internet durante o FICE 2018Destacar-se no e-commerce é uma tarefa complexa. Com muitos competidores e uma grande oferta de produtos na internet, é difícil lutar pela atenção do consumidor online. Mas, segundo Kuki Bailly, fundadora da Rededots, duas regrinhas podem facilitar a vida do microempreendedor individual (MEI) que aposta no comércio eletrônico.A empreendedora foi um dos destaques do primeiro dia do Festival de Inovação e Cultura Empreendedora (FICE), evento realizado por Época NEGÓCIOS, Pequenas Empresas & Grandes Negócios e Valor Econômico. Ao público, ela explicou que a primeira regra é encontrar um nicho pouco explorado."Por exemplo, se você vende coxinha via internet, vai disputar certamente com outros vendedores”, diz. “Mas se você vender coxinha vegana, com um tempero especial e uma embalagem que não suja as mãos, vai lutar por um público específico e atendido por poucos…
Página 1 de 2